SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA DE MARCELO ARRUDA

SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA DE MARCELO ARRUDA

O SINTECT-RS vem manifestar publicamente sua solidariedade à família de Marcelo Arruda, morto pela intolerância política. Ele estava comemorando seu aniversário quando a festa foi invadida por um homem gritando “isto é Bolsonaro” que desferiu três tiros contra a Marcelo. O assassino é o bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho, policial federal penitenciário.

Marcelo, que deixa mulher e quatro filhos, ainda conseguiu ferir o homem, evitando que a tragédia fosse maior.

Esta tragédia mostra o grau de intolerância de pessoas que são estimuladas pelo discurso de ódio do presidente Jair Bolsonaro, e se sentem legitimadas a atacar qualquer um que pense diferente.

Marcelo era uma liderança petista e dirigente sindical do Sindicato dos Servidores Municipais de Fiz do Iguaçu (PR).

Pouco antes do ocorrido o assassino esteve em frente ao local da festa gritando e ameaçando: “matar todos vocês, seus desgraçados”. Solicitado a sair do local, ele voltou minutos depois armado, e foi quando acertou Marcelo.

Desde 2018, na eleição que elegeu Bolsonaro, a violência contra militantes de esquerda vem crescendo de forma assustadora, incentivada pelo discurso de ódio do próprio presidente, que em nota fortaleceu ainda mais este discurso e não teve qualquer empatia ou solidariedade à família de Marcelo. A política do governo federal pela liberação de armas também contribui para desfechos como o de Foz.

Em atividades dos sindicatos e movimentos sociais também têm ocorrido manifestações de intolerância e de ódio, com bolsonarista gritando o nome do presidente e atirando bombas caseiras, produtos químicos dentre outras coisas. Isso pode ser visto no sábado (9), por exemplo, na marcha contra a fome e a miséria, em Porto Alegre, quando foram atirados ovos nos manifestantes, acertando uma fotógrafa do Sul21.

O SINTECT-RS defende a liberdade de cada um e cada uma de defender seu posicionamento político, no entanto repudia veementemente qualquer ação de ódio ou de violência política.  Nossa luta é pelo fortalecimento da democracia e contra o fascismo, por respeito às diferenças e contra qualquer ato de violência contra quem quer que seja.

Fora Bolsonaro!

Justiça para Marcelo Arruda!

Nara Soter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.