Precarização é a marca registrada das unidades do Correios

Precarização é a marca registrada das unidades do Correios

A precarização e a falta de condições dignas de trabalho para a categoria nas unidades do Correios parece ser a prática da gestão no RS. Em dezembro, já havíamos denunciado e cobrado da empresa as condições das portas dos banheiros privativos no Complexo da Sertório. Lá os trabalhadores tinham que passar pelo constrangimento de usar o local, segurando a porta com o pé.

Mais para o final de dezembro, foi a vez de denunciar o estado precário do banheiro do CDD Antônio de Carvalho. Lá, as portas estão caindo, retirando a privacidade dos trabalhadores e ainda podendo causar algum acidente.

É importante lembrar que existem normas regulamentadoras para as condições dos banheiros nas unidades de trabalho de uma empresa e que o caos não pode ser o que reina no local. O mínimo que os trabalhadores devem ter é um banheiro/vestiário com estrutura adequada, dentro das normas e em condições de segurança. Se nem isso a empresa consegue, o que imaginar no resto.

O SINTECT-RS já cobrou da empresa medidas concretas em relação a estas situações e pede ainda aos trabalhadores, que denunciem ao Sindicato qualquer situação nas unidades de trabalho que estejam causando prejuízos ao trabalho ou que ameacem a segurança e a integridade física e moral da categoria.

Assessoria de Comunicação

11/01/2022 15:59:24

Nara Soter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.