Sindicato presente nos locais de trabalho para mobilizar a categoria

Na quarta-feira, dia 28, a entidade esteve presente no CDD Zona Norte, conversando com os trabalhadores

Neste momento, onde estamos frente a aceleração do processo de privatização do Correios por parte do governo genocida do Bolsonaro e de sua base aliada no Congresso, que se aproveitam da pandemia para vender a empresa, é fundamental fortalecer a nossa resistência.

Por isso, apesar das perseguições da empresa e das decisões da Justiça, o SINTECT-RS está com o bloco na rua, mobilizando a categoria para resistir aos ataques do governo. Estas proibições não são por acaso. Revelam o temor da empresa frente à unidade e à capacidade de resistência dos trabalhadores de Correios.

Nesta quarta-feira (28), o Sindicato esteve no CDD Zona Norte dando o recado e fortalecendo a unidade dos trabalhadores e continuará percorrendo as unidades de trabalho. Nesses encontros, estamos debatendo e atualizando a categoria sobre o processo de privatização, conscientizando e organizando os trabalhadores para resistir à venda do Correios, esclarecendo sobre o abandono voluntário do governo do monopólio postal (cartas que se acumulam nos CDD’s por opção da empresa), parte do sucateamento do Correios.

Medidas deliberadas da empresa e do governo Bolsonaro que penalizam a população com o claro objetivo de precarizar os serviços e depois colocar como solução a privatização. A pandemia somente escancarou o número insuficiente com o qual a ECT vinha trabalhando. Pois, o último concurso é de 2011 e os programas de demissão se somam, sem a necessária reposição. Não podemos deixar a sociedade cair neste jogo. Temos que mostrar a importância do Correios e denunciar a estratégia do governo. Temos que lutar e ganhar o apoio de cada cidadão e cidadã. Esta é uma tarefa urgente que só será possível com o engajamento e o esforço dos trabalhadores.

Neste sentido, é muito importante que quando o Sindicato estiver no local de trabalho, a categoria aproveite o momento para debater e construir coletivamente a resistência. Temos que mostrar que não importa o que o governo e a empresa façam para impedir o Sindicato estar com os trabalhadores. Resistiremos e acharemos formas de nos mobilizarmos! Nossa luta será sempre mais forte.

GALERIA DE FOTOS

Assessoria de Comunicação

29/04/2021 11:31:01

Pin It on Pinterest