SINTECT-RS cobra que trabalhadores(as) de Correios sejam incluídos(as) nos grupos prioritários para vacina contra Covid-19

O SINTECT-R enviou ofício ao Superintendente Estadual dos Correios no RS, reivindicando que os trabalhadores e trabalhadoras do Correios sejam incluídos no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19. No documento, o Sindicato reitera que as tarefas desempenhadas pela categoria estão sendo, desde o início da pandemia, considerada como serviço essencial, portanto, é necessária a urgente imunização dos trabalhadores e trabalhadoras de Correios.

De acordo com a entidade, inúmeros trabalhadores já foram contaminados pelo coronavírus, muitos adoeceram e vieram a óbito.  Além disso, pelas próprias características do trabalho eles estão expostos diariamente a infecção. No caso dos carteiros e dos atendentes, há o contato direto com os clientes, quer nas ruas/casas, ou nas agências, e os que trabalham internamente também estão fortemente expostos, pelo manuseio de objetivos vindos de todos os locais do Brasil e do exterior. Há que se considerar, ainda, o uso de transportes e involuntárias aglomerações, mesmo internamente dentro das unidades.

Defendemos vacina para todos os trabalhadores que estão na linha de frente, assim como para toda a população. O baixo número de vacinas disponíveis, por incompetência, descaso e negação da ciência do governo federal não deve ser motivo para que os trabalhadores paguem o preço, estando expostos e sem o direito de receber a vacina.

É preocupante a inexistência de planos nacionais, estaduais e municipais de imunização que deixam os trabalhadores de setores essenciais, como é o caso dos trabalhadores e trabalhadoras de Correios, expostos e sem a proteção da vacina. Neste sentido, o Sindicato cobrou da gestão regional informações sobre um plano de imunização para a categoria; se a empresa está gestionando junto aos órgãos de saúde do Estado e dos municípios; e, por fim, que os trabalhadores e trabalhadoras de Correios sejam incluídos na lista prioritária para recebimento da vacina.

Confira Ofício sobre a vacina enviado à empresa.

Assessoria de Comunicação

02/02/2021 16:03:20

Pin It on Pinterest