Mais um passo na luta contra a privatização do Correios

A Controladoria Geral da União (CGU) vai investigar os trabalhos da consultoria Accenture, suspeita no envolvimento de superfaturamento de contratos com os Correios que teria trazido um prejuízo de mais de R$ 10 milhões para a estatal em 207

Mesmo assim, Bolsonaro/Floriano Peixoto contrataram novamente esta empresa para analisar o processo de privatização dos Correios. O contrato foi no valor de mais de R$ 7 milhões.
Outro pedido neste sentido já foi feito pela Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Correios.

Investigar essa empresa é o mínimo para impedir que empresas saqueiem os cofres públicos.

Se for comprovada a denúncia, é imperioso que o TCU. Esperamos que em caso de comprovação da denúncia o Tribunal de Contas da União (TCU) faça a Accenture devolver os milhões que ela superfaturou dos cofres do Correios e que, em caso de condenação, fique proibida de participar de contratos com empresas públicas.

Uma situação que evidencia, mais uma vez, que as alegadas dificuldades financeiras do presidente da empresa e do governo, inclusive como justificativa para a privatização, são oriundos de problemas de gestão, de uso político da empresa e não dos direitos e salários dos trabalhadores.

Assessoria de Comunicação

C/Informações da Fentect

11/02/2021 12:48:58

Pin It on Pinterest