Pedido de suspensão de parcelas de empréstimos do Postalis vai até 30/04

O Postalis informa que as exigências para suspensão de parcelas do empréstimo Postalis foram flexibilizadas em apoio aos participantes. A Diretoria-Executiva decidiu abrandar as regras de suspensão do pagamento de parcelas durante a crise social gerada pela pandemia do novo coronavírus.
Até o dia 30/04/2020, os participantes dos planos BD e Postalprev, independentemente de já terem ou não pago 12 parcelas do empréstimo, terão a opção de suspender a cobrança das prestações por um prazo de 3 (três) meses, sem a incidência de juros ou multa. Para tanto, basta que estejam em dia com as prestações e não tenham realizado pedido de suspensão de parcelas este ano.
Durante o período de suspensão, o participante terá, em seu contracheque, apenas os descontos da taxa de custeio administrativo e das taxas de quitação por morte (QQM) e/ou por invalidez (QQI). Serão suspensos os descontos do valor principal e dos encargos.
Ao final da suspensão, o valor das parcelas e o prazo restante serão os mesmos de antes da interrupção.
As instruções para o pedido de suspensão estão publicadas no site do Postalis. Acesse e confira: http://www.postalis.org.br/2020/04/07/participantes-podem-suspender-pagamento-de-emprestimos/ .

Assessoria de Comunicação

C/Informações do Postalis

11/04/2020 23:30:55

Pin It on Pinterest