O edifício está ruindo

Nunca é demais mostrar, de forma muito clara, a situação horrível em que se encontram as condições de trabalho no Correios. O ajuntamento de setores (CDD com CEE, por exemplo) e as mudanças de prédio repentinas, são algumas das iniciativas nefastas da ECT, comandada pelo general Floriano Peixoto, que pioram em muito as condições de trabalho.
Além disso, as mudanças têm sido às pressas, no afogadilho. Parece “inquilino fujão” que tira os móveis de madrugada para não pagar o aluguel atrasado. Isso faz com que o improviso graceje. Certas situações de improviso são risíveis. Como é o caso inusitado existente no prédio do CDD Sapucaia do Sul, que recebeu parte do CEE Canoas. Um pedaço de taco de sinuca (foto) está sendo usado como haste para sustentar a lâmpada acima da mesa de indução, onde se trabalha os objetos qualificados de grande porte. 
Poderia ser algo visto como insignificante. Porém, é uma simbologia da situação de sucateamento em que estão os prédios de Correios. O espaço físico diminuto junto com a falta de climatização possivelmente sejam as maiores problemáticas, criadas pela própria ECT. Os prédios ocupados, de modo geral, guardam em si muita negligência, imprudência e imperícia, com as vidas dos trabalhadores, que podem a qualquer momento cobrar um alto preço.
Certos estão os trabalhadores do CDD Zona Norte, que exigiram a adequação do layout e da climatização do prédio e levaram. Certos estão os trabalhadores do CDD Cavalhada, que não aceitaram trabalhar com a luz do sol, num calor infernal, sem qualquer espécie de ventilação ou  água gelada. Certos estão os trabalhadores da Sertório, que desligaram as máquinas e exigiram a climatização do prédio.
Enquanto a ECT faz do improviso uma constante, sem levar em consideração a vida humana, num ato ignorante baseado somente na intenção de economizar, os trabalhadores, conjuntamente com o Sindicato, devem exigir respeito às nossas vidas e, coletivamente, gritar em alto e bom som que queremos condições de trabalho e não aceitamos trabalhar mais nestas condições.

Assessoria de Comunicação

23/01/2020 21:43:48

Pin It on Pinterest