CDD Cavalhada: Sindicato e trabalhadores reúnem para tratar problemas do prédio

Depois de dois arrombamentos para roubarem os fios que alimentavam de energia o CDD Cavalhada, na quinta-feira (2), os gestores dos Correios impuseram condições de trabalho desumanas aos trabalhadores. Ou seja, o que já era ruim, a falta de energia, foi piorada pela empresa, que, em vez de remover os trabalhadores para outro prédio até normalizar a situação,  deslocou os mesmos dentro do próprio prédio, de um local com alguma condição, como ar condicionado, para uma garagem sem qualquer condições.

Os trabalhadores estão no local sem ventilador, ar condicionado, água gelada e outros itens, o que tem sido extremamente penoso frente às altas temperaturas do período.

Na semana passada o Sindicato enviou oficio cobrando providências imediatas da empresa, mas a situação permaneceu nesta semana. O descaso da ECT fez com que o Sindicato na terça-feira (7), estivesse no local pressionando para que a normalidade fosse restabelecida. Houve uma reunião com a GERAE, que propôs o restabelecimento da situação até a quinta-feira, dia 9.

Além disso, o Sindicato também encaminhou denúncia eletrônica ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para que a situação seja normalizada o mais breve possível.

A expectativa dos trabalhadores é que tudo se resolva de forma breve,  e que seja garantido aos trabalhadores condições dignas de trabalho.

Assessoria de Comunicação

07/01/2020 16:03:07

Pin It on Pinterest