Privatização é tema de audiências públicas em Pelotas e Bagé

Nos próximos dias 26 e 28 de setembro serão realizadas mais duas audiências públicas nas Câmaras de Vereadores de Pelotas (26) e Bagé (28) para debater a privatização do Correios e as consequências da medida para os trabalhadores e para a população. O objetivo é promover o debate público e buscar o apoio da população e dos vereadores à luta contra a privatização do Correios.

As audiências fazem parte da estratégia de provocar o debate com a sociedade e esclarecer sobre os impactos negativos que a privatização do Correios terá não só relacionados aos trabalhadores, mas também para a população atendida pela estatal. Aumento de tarifas, diminuição nas entregas e precarização dos serviços estão entre as consequências.

Assim como já foi demonstrado em outras audiências, em muitos municípios o Correios é o único serviço público que marca a presença do estado no local. É também, com o Banco Postal, a única agência bancária presente a quilômetros de distância de grandes centros. E é ainda, a única empresa capaz de entregar correspondências nos locais mais isolados, cujo serviço não dá lucro e, portanto, jamais será atendido por uma empresa privada, que objetiva apenas o lucro e não tem qualquer caráter social.

Para deixar tudo isso muito claro e mostrar a posição da categoria, contrária à privatização, é que é fundamental a presença de um grande número de trabalhadores nestas audiências. Agende-se e participe.

O QUE: Audiências Públicas para debater a privatização do Correios e as consequências para os trabalhadores e para a população.

QUANDO: Dia 26 na Câmara de Vereadores de Pelotas e dia 28 na Câmara de Vereadores de Bagé.

ONDE:  Pelotas (Rua 15 de Novembro, 207, Centro) – Bagé (Avenida 7 de Setembro, 812).

Assessoria de Comunicação

24/09/2019 11:25:30

Pin It on Pinterest