Atividades fortalecem greve no Estado

A greve dos trabalhadores de Correios continuam forte no Estado. Na segunda (25), em assembleia realizada na sede da entidade, foram feitos relatos dando conta que a greve cresce em todas as unidades.

Na terça (26), os estados do Rio de Janeiro e Maranhão, além da cidade de São Paulo, deliberaram pela greve, elevando para 34 o número de sindicatos que estão em greve, ou seja todos os ligados a Fentect , e mais alguns ligados à Findect, cuja base, apesar da postura desta entidade, que desde o início da negociação tem “facilitado” as coisas para a empresa, demonstrou e fez prevalecer sua vontade de somar no movimento paredista nacional, fortalecendo a unidade da categoria.

Na quarta-feira (27), depois da concentração nos locais de trabalho foi realizada uma nova assembleia na Pompeia, em Porto Alegre, onde foram colocados novos relatos e atualizações sobre o movimento. Em seguida, os trabalhadores saíram em caminhada pelas ruas centrais da Capital e no final realizaram um ato na Esquina Democrática.

Nesta quinta (28), está prevista a distribuição de carta aberta à população nas unidades.

AGENDA DA SEXTA-FEIRA

Na sexta-feira (29), a agenda é concentração no prédio sede às 10h30, e no início da tarde, os trabalhadores de Correios se juntam ao ato do funcionalismo estadual contra os desmandos do governador Sartori, que prejudica a todos os gaúchos, no Largo Glênio Peres.  Será um importante momento de levarmos para o ato também as nossas denúncias de desmonte e privatização dos Correios.

PRÓXIMA SEMANA

Para a próxima semana já está definido um pré- calendário de atividades. Na segunda (02/10), concentração nas unidades e depois, no final da manhã, na Sertório. Também já está agendada uma nova assembleia para a terça, dia 3 de outubro, em local ainda a ser definido.

PIQUETE DA SERTÓRIO

Lembramos que o Piquete da Sertório é permanente e precisamos de gente para ficar lá o tempo todo, inclusive à noite. É preciso fazer um revezamento para que não fique muito pesado sempre para os mesmos trabalhadores. Assim, é fundamental que a categoria se disponibilize a ficar também no Piquete. O Piquete na Sertório é simbólico do nosso movimento e deve ter a presença dos trabalhadores 24 horas por dia.

Assessoria de Comunicação

28/09/2017 11:55:08

Pin It on Pinterest