Trabalhadores dos Correios participam de manifestações em Brasília

Os trabalhadores dos Correios participaram, nesta quarta-feira, dia 24, das manifestações realizadas em Brasília contra as reformas da previdência, trabalhista, pelo Fora Temer e Diretas Já. A categoria também pediu o Fora Guilherme Campos.

Para os trabalhadores, tanto o governo como os indicados por ele para as estatais nunca tiveram e agora tem ainda menos moral para gerir a empresa e entregar o patrimônio dos brasileiros.

Os trabalhadores do Correio do RS estiveram representados nas manifestações, um dos mais importantes para a classe de trabalhadores brasileiros.

Antes de ocupar Brasília, ocuparam a frente da sede da estatal, em Brasília. Lá, preparam a bandeira com as imensas letras em formato de camiseta dos carteiros, onde se podia ler #FORATEMER#FORAKASSAB #FORAGUILHERMECAMPOS.

Em seguida se dirigiram à Esplanada dos Ministérios, com materiais dizendo não à privatização e somando aos demais trabalhadores que estavam aos milhares em Brasília para o ato. A estimativa é de que mais de 200 mil pessoas participaram das manifestações, vindas de todos os estados do Brasil.

Repressão

O movimento, apesar de pacífico, foi dura e violentamente reprimido pela polícia do Temer, com gás lacrimogênio, balas de borracha e bombas de efeito moral. O governo golpista do Temer também decretou estado de sítio da Capital Federal, colocando o Exército nas ruas e autorizando o uso de armamento pesado, inclusive a atirar se necessário. A ordem vale por uma semana.

Brasília virou uma verdadeira praça de guerra, inclusive com pessoas infiltrada entre os manifestantes para criar desordem e culpar os manifestantes.

Em diversas cidades também foram realizadas manifestações. Em Porto Alegre, o ato foi na Esquina Democrática e de lá os manifestantes saíram em caminhada até o Largo Zumbi dos Palmares.

Assessoria de Comunicação

24/05/2017 22:14:42

X

Pin It on Pinterest

X
Share This