Trabalhadores de Correios presentes na luta contra a Reforma da Previdência e por melhores condições de trabalho

A quarta-feira, dia 15, foi um dia de intensas manifestações, em todo o país, contra a Reforma da Previdência. Os trabalhadores dos Correios estiveram presentes às atividades em todo o Estado, somando na luta de todas as demais categorias e movimentos sociais e também, levando para a sociedade, as suas próprias demandas, como as denúncias das precárias condições de trabalho na ECT, a brutal falta de pessoal, a sobrecarga de trabalho, o fim do plano de saúde e a privatização da empresa, entre outras.

Durante todo o dia distribuíram carta aberta à população e com faixas e falas no carro de som, mostraram a realidade dos trabalhadores de Correios e deixaram claro que se as correspondências atrasam ou não chegam, a culpa não é do carteiro. Também demonstraram para a população os prejuízos para os trabalhadores com a reforma da previdência do golpista Temer.

A categoria continuará na luta contra qualquer ataque aos direitos dos trabalhadores de Correios e de toda a classe trabalhadora e mais uma vez alerta a categoria que a hora de lutar é agora.

As atuais condições de trabalho no Correios e os direitos que estão ameaçados com as reformas do Temer (previdenciária e trabalhista) só poderão ser barrados com povo na rua e é uma tarefa dos trabalhadores tomar a frente desta luta.

É bom lembrar que as reformas atingem a todos indistintamente e que, na realidade, não se trata de uma reforma, mas do fim da aposentadoria para os trabalhadores.

Vamos todos à luta contra a reforma da previdência, contra o fim do postal saúde, contra as ferramentas de gestão que só prejudicam os trabalhadores, contra a precarização das condições de trabalho e contra a privatização.

 
IMAGENS DA LUTA

Assessoria de Comunicação

16/03/2017 09:43:45

X

Pin It on Pinterest

X
Share This