Todos pelos Correios

O SINTECT-RS participou, no dia 12 de julho, do ato unificado contra a privatização dos Correios. A atividade, realizada em frente ao prédio Sede dos Correios, em Porto Alegre, reuniu além do Sindicato, a Associação Gaúcha dos Aposentados dos Correios e Telégrafos (AGACOR), a Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP), a Associação Recreativa dos Correios (ARCO) e a Cooperativa de Créditos dos Correios (CredCorreios). As entidades formam a Frente Ampla em Defesa dos Correios no RS. 
Durante as falas dos representantes das entidades no ato foi unanimidade a importância da unidade de todos em defesa da manutenção dos Correios como uma empresa pública e 100% estatal. 
O Presidente da ARCO, Francisco Santos de Jesus, frisou que se tratava de um ato importantíssimo e inédito. “É um ponto inicial, para que nas associações, nos bairros, nas famílias, no futebol, entre os amigos possamos fazer a discussão de que o Correios é nosso e que se não nos ajudarmos, o capital vai nos atropelar”, pontuou destacando que todos permaneçam motivados.
O presidente da CredCorreios, Manoel José Brum dos Santos, também destacou a importância da atividade unificada contra a privatização. “É muito importante esta atividade que reuniu, em prol da não privatização, os trabalhadores. Unidos conseguimos qualquer coisa, como barrar a privatização, ter respeito e continuar a prestar um bom serviço à população”, acrescentou ele. 
O representante da AGACOR, Roberto Alquati, realçou a importância dos trabalhadores que chegam a se aposentar na empresa. Ou seja, passam uma vida dentro dos Correios. A importância da Empresa no recente passado para as famílias e as comunidades. Aonde tem Correios tem história, tem brasilidade, tem garantia de uma prestação de trabalho com qualidade. 
A representante da ADCAP, Maria Inês Capelli, lembrou que o Correios é uma empresa querida e de confiança para a população, que coloca à sua frente apenas a família e os bombeiros. Mostra que ainda contam com uma empresa pública que atende aos seus serviços. “O chamamento de hoje é um só: que as entidades representativas estão juntas, trabalhando em prol da não privatização da empresa, o que só vai ser barrado com a participação de todos. Cada um e cada uma tem que fazer a sua parte na luta contra a privatização da empresa, participando, agindo, esclarecendo a população para que ela fique ao nosso lado. Como trabalhador e como cidadão deste país, merecemos um Correios eficiente e do povo”, disse ela. 
Último a falar, o Secretário Geral do SINTECT-RS, Alexandre dos Santos Nunes, destacou que o momento de hoje exige que a luta seja feita de maneira unificada e organizada para somar forças. Segundo ele, o ponto que unifica é a defesa dos Correios e a luta contra a privatizaçãos. Para o dirigente, os trabalhadores são ainda duplamente penalizados: como trabalhador e como cidadãos. Lembrou, ainda, que a defesa dos Correios passa pelo Congresso e por isso é importante atuar junto à população. 
“O Sindicato estará junto nesta Frente em Defesa dos Correios e com todos os trabalhadores irá cerrar fileiras, olhando para o que nos une. Vamos caminhar juntos, defender nossa empresa e não vamos deixar ela ser privatizada”, finalizou. 
Durante o ato foi distribuída uma carta aberta com esclarecimentos à população e numa tenda, quem passava pelo local, era convidado a participar do abaixo-assinado em defesa da empresa. Ao final foi dado um grande abraço no prédio dos Correios para marcar a unidade em defesa dos Correios.

FOTOS DA ATIVIDADE

Assessoria de Comunicação

16/07/2019 12:10:02

X

Pin It on Pinterest

X
Share This