Sobre o fechamento das agência dos Correios no RS

Ao longo dos anos, a nossa categoria vem sofrendo com o desmonte da nossa empresa, pelo governo, que ataca nossos direitos das mais diversas formas. Recentemente, a empresa divulgou uma lista com 161 agências de Correios que serão fechadas no país, entre elas, seis são aqui no Rio Grande do Sul: AC Siqueira Campos, AC Conjunto Comercial (Canoas), AC Farrapos, AC Rio Branco, AC Menino Deus e AC Os Dezoito do Forte (Caxias do Sul). Uma proposta que vem na esteira do processo de sucateamento para viabilizar a privatização. Quanto pior a situação junto a população melhor torna-se a ideia de vender o Correios! Quanto mais enxuta a empresa, maior o interesse da iniciativa privada.

Esta é uma situação que deve preocupar todas e todos, porque significa o fechamento de postos de trabalho, a diminuição da categoria, uma violência institucional maior contra a população pobre, além de ser uma amostra clara de entrega do patrimônio público.

Nesse momento, a unidade da categoria deve falar mais alto. Não podemos fazer ouvidos de mercador. Atacou o OTT, atacou o motorista, ataca o Atendente, atacará o carteiro, o administrativo e assim por diante. A fortaleza de um está na existência do coletivo, da categoria, na classe trabalhadora.

Tal proposta não se sustenta financeiramente, até porque não é comum ver franqueadas fechando as portas. Pelo contrário, o que se vê são as franquias em ascensão, enriquecendo seus donos as custas da Empresa pública. Inclusive se valendo do erário, ganhando atenção privilegiada e exclusividade na cooptação de grandes clientes, até então atendidos pela Empresa pública.

Quando falamos que é mais um passo na privatização queremos alertar para a seriedade do momento que atravessa a categoria.

Lutar, agora, contra o fechamento das agências é uma condição para nos fortalecermos para lutar contra a privatização.

SINTECT-RS

22/05/2019 11:24:06

X

Pin It on Pinterest

X
Share This