SAIU NA IMPRENSA: Correios admitem déficit de 40 carteiros em Caxias do Sul

Relatos de demora de até 15 dias em bairros mais afastados da cidade são apontados pelo sindicato dos trabalhadores

Os Correios reconhecem que, atualmente, há 170 carteiros trabalhando em quatro Centros de Distribuição Domiciliária (CDD) de Caxias do Sul, mas, por conta das aposentadorias e afastamentos por motivo de saúde, o déficit atual no município é de cerca de 40 trabalhadores.

Nesses casos, eles recebem apoio de carteiros de outras unidades da empresa. Outra medida que os Correios dizem realizar é a contratação emergencial de profissionais temporários.

Em Caxias do Sul, seriam 12 trabalhadores contratados nesta modalidade para realizar a entrega quando há situações de empregados concursados afastados temporariamente. Quando há aumento de demanda, a empresa diz que adota horas extras e mutirões.

O coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Estado, Ricardo Paim, diz que em ruas de bairros mais afastados do Centro de Caxias a demora para passar um carteiro chega a 15 dias. Paim se diz preocupado com a falta de perspectivas para resolver o problema, já que não são contratados carteiros para a cidade desde 2011, não há previsão de novos profissionais e está para ser anunciado um plano de demissão voluntária em todo o Brasil. Atrasos nas entregas são relatados em bairros populosos, como o Desvio Rizzo, Cruzeiro, Bela Vista, Pio X, Kaiser e Cidade Nova.

Em nota, os Correios afirmam que “não há situação generalizada de atrasos na cidade de Caxias do Sul” e que “podem haver situações pontuais, que precisam ser verificadas caso a caso”. A empresa diz ainda que “uma série de medidas estão sendo tomadas para que a entrega em Caxias do Sul aconteça dentro da normalidade”.

Fonte: Rádio Gaúcha/Jornalista Babiana Mugnol

02/02/2017 18:38:34

X

Pin It on Pinterest

X
Share This