Informação sobre as progressões por antiguidade: informes para POA

O Sindicato possui algumas ações coletivas que discutem o pagamento das progressões por antiguidade (stepes), que não foram pagas pela empresa referente ao PCCS/95. No momento estamos trabalhando no processo de Porto Alegre (antiga região operacional 02), sendo que a empresa apresentou uma lista com os nomes dos trabalhadores que terão direito as progressões até 2019 para quem ficou no PCCS 1995.

Algumas questões merecem destaque:

1 – Esse processo irá contemplar ecetistas que trabalham nos seguintes locais: Porto Alegre,  Alvorada, Cachoeirinha,  Eldorado do Sul, Glorinha, Gravataí, Guaíba, Viamão.

2)      Não serão contemplados nesse processo, os trabalhadores que já colocaram processos individuais ou em grupo, sendo que para estes,  pode ser feita uma avaliação caso a caso mediante remessa do histórico do processo para o e-mail do SINDICATO e posterior agendamento de assessoria específica para identificar eventuais diferenças devidas.

3)   No momento o jurídico está fazendo a conferencia da lista apresentada pela ECT e precisa do apoio dos trabalhadores (veja aqui a lista). Em anexo segue uma listagem de pessoas que segundo a empresa “estariam” no PCCS 2008, ou seja, trabalhadores que não teriam direito as progressões pelo PCCS 1995 até agora, no entanto, se você está nessa lista e entende que deveria estar enquadrado no PCCS/95, procure o jurídico do sindicato imediatamente até o dia 31.05.2019, apresentando, para tanto, a sua ficha funcional e o seu termo de não aceite, para fazermos a sua inclusão;

4) Após essa conferencia, o sindicato irá disponibilizar a lista completa dos trabalhadores que irão fazer parte desse processo. Novamente deve ser ressaltado que trabalhadores com ações individuais não vão fazer parte desse processo coletivo, mas podem buscar diferenças dependendo do caso.

5) Vale ressaltar que esse processo está na fase de cálculos, ou seja, ainda não há valores disponíveis para pagamento. Primeiro é necessário fazer essa conferencia que está sendo realizada (nomes dos trabalhadores) e posteriormente os cálculos de liquidação serão elaborados, para só então o juiz determinar o pagamento de valores.

Certamente diversos trabalhadores terão dúvidas sobre o assunto, principalmente pessoas que entraram com ações individuais. Para esses trabalhadores o jurídico também está à disposição, pois a situação funcional poderá ser verificada especialmente para quem está enquadrado no PCCS/95.

ATENÇÃO –  Telefones de contato com o Sindicato: (51) 3346.2133 ou 3346.5529

– Horário de funcionamento das 9h às 12h e das 13h às 17h;

– Plantão da Assessoria Jurídica do Sindicato: quartas-feiras, a partir das 13h30, por ordem de chegada;

– Plantão jurídico alternativo para o PCCS: sextas-feiras, dias 10 e 24 de maio, as 9h às 12h, na sede do Sindicato (Rua Buarque de Macedo, 352, São Geraldo), em Porto Alegre.

– Atendimento direto no escritório Young: todos os dias da semana na Av. Getúlio Vargas, 774, sala 301, Porto Alegre, telefone: 3085-5507 ou whats do escritório (51) 99581-5548.

X

Pin It on Pinterest

X
Share This