ECT brinca com a vida dos trabalhadores

Na quarta-feira, dia 18, foram interceptadas às pressas do fluxo postal, encomendas com bombas ou simulacros de bombas. Isso aconteceu no CDD Alvorada, CEE Sul/Cavalhada e Complexo da Sertório. Provavelmente postagens que tinham o objetivo de intimidar ou mesmo matar os respectivos destinatários. Esta é uma situação muito grave que representa um alto risco de vida para os trabalhadores e trabalhadoras que manusearam ou se aproximaram de tais objetos.

Mas, se não bastasse um “lunático” estar postando bombas, o GERAE também brincou com a vida dos trabalhadores e trabalhadoras. Numa atitude absurda e irresponsável, a GERAE ligou para o CDD Alvorada, autorizando que todos voltassem para dentro do CDD, na presença dos objetos suspeitos, para que a produção não parasse.

A decisão criou um embaraço tal, que envolveu as pessoas que estavam aguardando na fila para pegarem suas correspondências e a Polícia Militar. Acabou que a PM desautorizou a presença de pessoas dentro e próximo do prédio, fechando a rua até os objetos serem detonados pela Policia Federal.

A que situação chegamos! Será que a produção está acima da vida? E se o GERAE estivesse no CDD, ficaria junto a um objeto que poderia explodir a qualquer momento?

Assessoria de Comunicação

19/04/2018 16:24:22

X

Pin It on Pinterest

X
Share This