ECT apresenta índice de 1,58% de reposição

Resposta da categoria tem que ser a intensificação das mobilizações

Depois de ter adiado a apresentação da proposta salarial, nesta terça-feira (17), a ECT apresentou uma proposta de reajuste salarial de 1,58%. O índice representa 60% do INPC (2,64%) do período, ou seja, sequer repõe a inflação, que como todos sentem no bolso, já é manipulada e não representa a realidade sentida pelos trabalhadores.

O índice rebaixado se soma a uma sucessão de ataques que a empresa vem tentando impor nesta negociação. Apesar da disposição da empresa de negociar os índices até o final do mês, conforme sinalizado na reunião, sabemos que será somente com a mobilização e a pressão da categoria que será possível avançar e garantir um reajuste minimamente digno, além de outras questões importante para os trabalhadores.

Revolta e indignação

Como não poderia deixar de ser, houve uma revolta geral pelas representações dos trabalhadores na mesa de negociação que reiteraram a falta de respeito com que a empresa vem tratando a campanha salarial e as reivindicações dos trabalhadores.

Neste sentido, O SINTECT-RS orienta a categoria se manter mobilizada, reafirmar o estado de greve e a participar das atividades que venham a ser chamadas pelo Sindicato.

Não há outra resposta possível à empresa a não ser a mobilização, a unidade e a construção de uma greve nacional, caso a empresa insista em manter o arrocho que vem tentando impor à categoria.

As próximas assembleias precisam contar com a participação maciça dos ecetistas. Não se trata apenas de garantir um reajuste salarial digno, mas de defender direitos históricos conquistados com muita luta e que fazem a diferença na vida de cada trabalhador e trabalhadora.

Sindicalizar é fortalecer a luta

Reiteramos também a importância da sindicalização. A reforma trabalhista impôs propositadamente, um estrangulamento financeiro aos sindicatos com o claro objetivo de fragilizar a nossa luta. E neste momento de campanha salarial, é fundamental contarmos com a participação dos trabalhadores na sustentação da nossa entidade, através da sindicalização. Um sindicato frágil e sem capacidade de atuação só interessa aos patrões. A ficha de sindicalização pode ser acessada no site, preenchida, assinada e entregue aos delegados sindicais ou na sede da entidade. Individualmente, as contribuições são pequenas, mas no coletivo fazem a diferença, tanto financeiramente, como na representatividade do Sindicato frente a empresa. Sindicalize-se.

Assessoria de Comunicação

17/07/2018 18:47:41

X

Pin It on Pinterest

X
Share This