Camaquã: Trabalhadores paralisados exigem soluções para os problemas do Postal Saúde

Os trabalhadores dos Correios de Camaquã estão paralisados desde o início da manhã desta quarta-feira (2) contra os graves problemas enfrentados pela categoria na região, especialmente relacionados ao atendimento na saúde, mas também contra as precárias condições de trabalho e falta de efetivos.

Há semanas, a categoria vem debatendo estes problemas com a gestão da empresa e tentando buscar soluções. Mas a empresa tem agido com descaso e até com práticas antissindicais, desrespeitando a categoria, o sindicato e tentando jogar a população contra os trabalhadores e expondo eles a situações no mínimo constrangedoras.

A empresa esquece que os trabalhadores estão sendo obrigados a lutar por um atendimento na saúde digno, cujos problemas são resultado da incompetência da empresa e do Postal Saúde, que arrastam a solução para o atendimento hospitalar, médico e odontológico.

Os trabalhadores têm buscado o diálogo e a negociação com a empresa, a Postal Saúde para garantir atendimento aos trabalhadores e seus dependentes. Mas até o momento nada foi feito no sentido de garantir o atendimento aos trabalhadores. Inclusive, em assembleia no dia 27 de julho, os trabalhadores deliberaram por não paralisar, dando tempo à gerência para resolver os graves problemas, o que não aconteceu. Então, não restou aos trabalhadores outra alternativa a não ser paralisar, para chamar a atenção da sociedade e pressionar a empresa para que trate com seriedade estas questões e resolva definitivamente os graves problemas apontados pelos trabalhadores, garantindo atendimento na saúde e condições dignas de trabalho.

Assessoria de Comunicação

02/08/2017 14:34:46

X

Pin It on Pinterest

X
Share This