Assembleias aprovam, por unanimidade, estado de greve

Durante as assembleias realizadas no dia 12 de julho na sede do Sindicato, em Porto Alegre, e nas subsedes, os trabalhadores de Correios aprovaram, por unanimidade, o estado de greve. A decisão foi tomada depois de um intenso debate sobre o andamento da campanha salarial, onde a empresa vem tentando retirar importantes direitos da categoria.

Além do estado de greve, os trabalhadores também debateram questões referentes ao comando de negociação, a partir de informes passados pelo colega Josemar, que integra o comando representando o SINTECT-RS.

Chamado à unidade

Um dos importantes pontos debatidos durante a assembleia foi a necessidade de unidade da categoria, bem como a intensificação das mobilizações nos locais de trabalho. Para os trabalhadores, sem esta unidade e a disposição de luta de todos, fica cada vez mais fácil para a empresa impor a retirada de direitos, nesta que é a primeira negociação já com a reforma trabalhista valendo plenamente. Neste sentido, o Sindicato deverá ampliar a presença nos locais de trabalho, de forma a debater com a categoria e mobilizar para as atividades da campanha salarial.

Não vamos aceitar retrocessos

Desde o início da negociação, a empresa tem mantido o discurso de crise e tentado rebaixar os direitos dos trabalhadores e agora, quando chega o momento das cláusulas econômicas, a empresa piora ainda mais as negociações, não apresentando qualquer avanço e simplesmente ignorando as reivindicações da categoria em itens de fundamental importância para os trabalhadores, como reajuste salarial e plano de saúde, por exemplo.

O SINTECT-RS reitera a importância do engajamento de todos na campanha salarial e reforça a necessidade da categoria se manter mobilizada para resistir aos ataques da empresa e grantir nenhum direito a menos nesta negociação. A hora de lutar é agora!

Fotos:

Assessoria de Comunicação

15/07/2018 10:43

X

Pin It on Pinterest

X
Share This