Assembleia aprova adesão a greve geral e referenda pauta nacional

Os trabalhadores deliberaram, em assembleias realizada na quinta-feira (13), por aderirem ao movimento da greve geral, chamada pelas centrais sindicais contra a reforma da previdência, os cortes na educação e o desemprego. A votação pela participação na greve foi unânime.

A orientação é de que os trabalhadores se concentrem em frente aos locais de trabalho na primeira hora da manhã. Às 14 horas, todos se dirijam para a frente do prédio sede para um ato contra a reforma, em defesa do Correios e contra a privatização. No final da tarde, os trabalhadores seguem em caminhada até a Esquina Democrática para somar as demais categorias para o ato unificado.

A avaliação é que a proposta do governo Bolsonaro é mais um duro ataque aos trabalhadores que praticamente acaba com o direito a aposentadoria, não acaba com os privilégios e penaliza os mais pobres.

Referendo à pauta

A assembleia referendou, também por unanimidade, a pauta nacional aprovada no 35º CONREP. Entre outros itens, a categoria busca a reposição salarial pelo INPC do período, mais R$ 300,00, a manutenção de todas as conquistas do Acordo Coletivo e propõe a luta contra a privatização.  Veja a pauta na íntegra aqui.

Representante no Comando

A mesma assembleia elegeu, ainda, o represente do RS no Comando Nacional de Negociação. Foi eleito o colega de Passo Fundo, Josemar Lara. Ele estará encarregado de acompanhar as negociações, levando as decisões e posição dos trabalhadores do RS e repassando os encaminhamentos e propostas apresentadas na mesa de negociação para toda a categoria.

Fortalecer a unidade

Durante as falas na assembleia, diversos trabalhadores reconheceram o momento difícil de ataques do governo e da empresa e destacaram a necessidade de fortalecer a unidade da categoria. A ameaça de privatização e o início da campanha salarial exigem, mais do que nunca, que a categoria tenha claro os direitos que estão sendo retirados e a gravidade da ameaça de privatização do Correios, já defendida publicamente pelo governo.

Homenagem

No final foi ainda aprovada uma Moção de Apoio a  colega “Dinha”, que vem sofrendo perseguição dos gestores e feita uma homenagem a três trabalhadores que estão sempre nas lutas e manifestações e se despedem do Correios. São eles: Luiz Carlos Cardoso da Silva, do CDD Canoas; Luiz Antônio Verdi, do CDD Vila Jardim; e Morgana Soares Alberici, do CTCE Sertório.

Assessoria de Comunicação

13/06/2019 23:25:46

X

Pin It on Pinterest

X
Share This